Meu tratamento ortodôntico acabou, e agora como conter?

Agora você é a pessoa responsável por manter seus dentes alinhados. Como fazer isso? Usando o aparelho de contenção como orientado pelo seu ortodontista. Os Aparelhos de Contenção são utilizados por duas razões: permitir que os ossos se reorganizem após a movimentação dos dentes e manter os dentes na posição obtida com o tratamento. Ou seja, os Aparelhos de Contenção tem por objetivo preservar e estabilizar os resultados que você e seu ortodontista conseguiram através do seu tratamento ortodôntico. Existem vários tipos de contenções superiores e inferiores. Seu ortodontista irá indicar e apresentar as opções dos modelos mais adequados para o seu caso. O tempo de uso tanto dos aparelhos de contenção fixos quanto dos removíveis será determinado pelo seu ortodontista e dependerá de vários fatores como a maloclusão inicial, grau do apinhamento, tipo e padrão de crescimento dos ossos e sua idade ao final do tratamento. Embora o tratamento ortodôntico tenha sido concluído, o crescimento e a modificação óssea continuam ocorrendo e os dentes estão fixados aos ossos. Por este motivo, se os aparelhos de contenção não forem utilizados corretamente, pode haver modificação da posição e da oclusão obtida com o tratamento ortodôntico o que se chama recidiva. As recidivas podem ocorrer em diferentes graus ou magnitudes. Pequenas recidivas ou pequenas modificações de posição ocorrem … [Ler mais ...]

Meu aparelho está machucando. O quê eu faço?

Em primeiro lugar é importante fazer uma inspeção detalhada no aparelho para identificar se tem alguma parte solta ou quebrada que possa estar causando o incômodo. Esta inspeção é importante para permitir uma correta comunicação com o ortodontista. A melhor opção, nestes casos, é sempre ir ao consultório o mais breve possível para o ortodontista solucionar o problema e não causar mais danos ao aparelho e para não haver atraso no tempo do tratamento. Caso o paciente esteja impossibilitado de comparecer ao consultório por qualquer motivo, o ortodontista poderá fornecer instruções para resolver temporariamente o problema e minimizar o desconforto do paciente. Possíveis causas de dor ou incômodo: Alimentos retidos entre os dentes e o aparelho – deve-se utilizar o fio dental com auxílio do passa-fio ou a escova interdental para auxiliar na remoção do alimento impactado. A – Ligadura solta – quando um elástico ou amarrilho se solta pode gerar um incômodo na região. Nos casos dos elásticos coloridos colocados ao redor do bracket, quando eles se soltam e permanecem viáveis, podem ser recolocado pelo paciente ou responsável com auxílio de um palito ou pinça. Caso tenha dificuldade, evite mastigar próximo a esta área para não soltar os eláticos vizinhos e procure agendar uma consulta próxima. Pode-se colocar uma cera de proteção prendendo o arco ao bracket na região que o … [Ler mais ...]

Congresso da American Association of Orthodontics Honolulu (Hawaii – 2012)

A Dra. Tatiana F. Assad Loss participou ativamente do Congresso da AAO 2012. Neste congresso teve a oportunidade de participar de cursos com os mais renomados ortodontistas do mundo e se atualizar nas mais novas técnicas e materiais disponíveis no mercado mundial. … [Ler mais ...]

Sistema HARMONY

Grande inovação da ortodontia lingual, o sistema HARMONY foi apresentado no AAO 2012 e em breve estará disponível no Brasil. A Dra Tatiana F. Assad Loss participou do curso de credenciamento e já disponibiliza em seu consultório o typodont com o sistema Harmony para apresentar a seus pacientes. No sistema Harmony todo o aparelho (brackets linguais autoligados e arcos) é confeccionado de forma individualizada exclusivamente para cada paciente. Isto é feito através da tecnologia robótica com o escaneamento da superfície dos dentes, confecção de modelo tridimensional computadorizado e realização do tratamento virtual do caso seguindo o plano de tratamento estabelecido pelo ortodontista. … [Ler mais ...]

Cirurgia Plástica para Correção do Sorriso Gengival

Nos casos de sorriso gengival, quando a gengivoplastia não esta indicada – casos das coroas dos dentes muito longas, a correção pode ser feita com auxílio da cirurgia plástica. A técnica é pouco conhecida pela população em geral e tem por objetivo corrigir o excesso de exposição da gengiva durante o sorriso. Realizada com anestesia local, consiste no alongamento do lábio superior através da ressecção e transposição do freio labial e do tratamento dos músculos depressores da ponta nasal. Esta abordagem possibilita concomitantemente uma melhora estética do nariz, principalmente naqueles pacientes que apresentam queda da ponta nasal ao sorrir, fenômeno geralmente associado ao sorriso gengival. … [Ler mais ...]